"Psicologia da educação matemática - teoria e pesquisa"

Posted by IFF_Matemática

Resumo do livro "Psicologia da educação matemática - teoria e pesquisa", da autora Maria Regina Brito:

Desde muito tempo vários pensadores, psicólogos pesquisaram sobre a extensão da psicologia na vida humana. Através desses estudos e pesquisas, com o passar dos anos, foi dada devida ênfase do valor da psicologia na área da educação; várias contribuições foram feitas, como a escola de Gestalt que valorizava a introspecção e a observação frente aos fenômenos complexos; com a corrente Behaviorista e com a aparição na escala filogenética, os tipos de aprendizagem que se apresentam no nível inferior também se apresentam no nível superior e se integram em formas complexas com tipos de aprendizagens característicos do novo nível, possibilitando comportamentos qualitativamente distintos aos observados no níveis inferiores.


Já para Piaget, o conhecimento se desenvolveria mediante uma construção progressiva das estruturas lógicas, embora inicialmente a lógica e o modo de pensar das crianças e adolescentes sejam totalmente distintos da maneira adulta de pensar. Para ele também o desenvolvimento cognitivo se produz através da adaptação dos organismos ao meio e, na realidade, o que se propõe é a existência de uma continuidade entre as formas de adaptação biológica e intelectual, regidas pelos mesmos princípios, em âmbitos diferentes. Devido à tendência biológica à auto-regulação, presente nos seres vivos, são desenvolvidos mecanismos adaptativos que envolvem novas organizações que supõe uma mudança interna, além de novas interações com o ambiente. Os mecanismos básicos da adaptação são a assimilação e a acomodação.

A psicologia e a educação matemática se fundem para estudar o ensino e a aprendizagem da matemática, como também os fatores cognitivos e afetivos relacionados a essa disciplina. Os professores envolvidos com a matemática, devem ter como objetivo o conhecimento das habilidades; sendo que também se baseia no fato que a aprendizagem atua em três domínios diferentes, ou seja: o cognitivo, o afetivo e o motor e que devem visar uma aprendizagem que desenvolva o potencial nessas três áreas. Além de tudo isso, deve também desenvolver na criança, um conjunto de atitudes positivas com relação à matemática; pois os educadores para efetivarem a aprendizagem devem possuir domínio sobre o conteúdo e os métodos de ensino.

A aprendizagem é um processo que envolve as esferas cognitivas, afetivas e motora, e não pode ser confundida com a aquisição de conhecimento acadêmico e também que se processa de uma única maneira. Assim a maturação biológica possibilita ao sujeito aprender determinadas tarefas que antes não era possível; a criança só aprenderá a andar a partir da maturação do organismo.

A maneira de como a aprendizagem acontece é diferente da maneira vai-se incorporar esta nova aprendizagem, possibilitando uma maior ou menor retenção do material aprendido e uma maior ou menor transferência dessa aprendizagem para novas situações e posterior uso. Assim dependendo do que vai ser aprendido, diferentes mecanismos de aprendizagem serão acionados.

Para muitos alunos a matemática pode representar um instrumento de seleção para o fracasso. Assim para que os alunos não experimentem o fracasso e não desenvolvam atitudes negativas em relação à matemática, o ensino dos conceitos dessa disciplina deve ser precedido por uma análise do nível de formação conceitual em que o aluno se encontra, procurando adequar os conceitos que serão ensinados à realidade dos estudantes.

Além disso muitos professores apresentam o conteúdo desvinculado do cotidiano do aluno e não se preocupam com a aprendizagem de significados e a formação dos conceitos significativos. Dessa forma mesmo eles se esforçando em adotar, métodos dinâmicos e ativos, apresentam mais conceitos memorizados de forma arbitrária, do que conceitos aprendidos e incorporados de forma significativa. Sendo assim, é necessário ter sempre presente que apenas a prática e a repetição não são suficientes para a retenção do conhecimento declarativo e nem dos procedimentos de solução.



Para mais informações:
http://pt.oboulo.com/resumo-do-livro-psicologia-da-educacao-matematica-teoria-e-pesquisa-57785.html

2 comentários:

  1. Anônimo

    AOS COLABORADORES DESTE SITE DOU-LHES OS PARABÉNS PELA FORMA CLARA E OBJETIVA AO REPASSAR ESTE CONHECIMENTO TÃO RICO DESTA OBRA TÃO IMPORTANTE DA PSICOLOGIA ATUAL. SEMPRE FICO VISLUMBRADO COM O SABER DA PSICOLOGIA QUE NOS É TRANSMITIDO HOJE E NOS AJUDA A COMPRRENDER A SOCIEDADE EM QUE VIVEMOS. ABRAÇOS A TODOS!!!!!
    LUIZ FLÁVIO DA SILVA-AMANTE DA PSICOLOGIA ANTIGA E MODERNA.

  1. Matematica Jb

    NOVO OLHAR SOBRE A MATEMÁTICA, Jornal Beira do Rio, UFPA, Abril 2011,
    www.jornalbeiradorio.ufpa.br/novo/index.php/2011/124-edicao-93--abril/1189-novo-olhar-sobre-a-matematica

    MÁRIO SERRA - ENGENHEIRO, MATEMÁTICO E AMAZÔNIDA, Jornal Beira do Rio, UFPA, Ano XXVIII Nº 120. Agosto e Setembro de 2014,
    http://www.jornalbeiradorio.ufpa.br/novo/index.php/2014/152-2014-08-01-17-25-17/1618-2014-08-04-14-34-28

    RENATO PINHEIRO CONDURÚ (Belém-Pa, 25/08/1926 - 23/06/1974), ENGENHEIRO-MATEMÁTICO PARAENSE: INDO DO GUAMÁ ALÉM DO VAL DE CÃES ( solicite por e-mail: jbn@ufpa.br)

    ALGUMAS MULHERES DA HISTÓRIA DA MATEMÁTICA E QUESTÃO DE GÊNERO EM C & T.
    http://sitiodascorujas.blogspot.com.br/2013/06/mulheres-na-matematica.html

    CONSTANTINO MENEZES DE BARROS I - MATEMÁTICO QUE LIGA O PARÁ/BR AOS MAIORES CENTROS DO MUNDO E COMPARÁVEL AOS GRANDES ÍCONES DA HISTÓRIA DA MATEMÁTICA (II a V não publicados, disponível por e-mail), (Óbidos-Pa, 19/08/1931, Rio de Janeiro-RJ, 06/03/1983), Ex-Docente UFF e UFRJ,
    www.chupaosso.com.br/index.php/obidos/educacao/2149-vida-e-obra-de-constantino-menezes-de-barros

    PROFESSORA SANTANA: Candidata a Melhor Docente do Ensino Básico Paraense, Blog Chupa Osso, 23 Junho 2013, www.chupaosso.com.br/index.php/obidos/educacao/2453-proessora-santana-candidata-a-melhor-docente-do-ensino-basico-paraense

    SABER MATEMÁTICO E CULTURA INDÍGENA, blogue da AICL, 20 de Setembro de 2011,
    http://coloquioslusofonia.blogspot.com.br/2011/09/saber-matematico-e-cultura-indigena.html

    PAIRÉ CAMETAENSE: UMA BELA OBRA EM MATEMÁTICA E ENGENHARIA (não publicado, disponível por e-mail: jbn@ufpa.br)

    CONHEÇA MARIA LAURA MOUZINHO LEITE LOPES, UMA DAS PRIMEIRAS DOUTORAS EM MATEMÁTICA DO BRASIL!,
    http://encontrodejovenscientistas.com/2015/02/02/conheca-maria-laura-mouzinho-leite-lopes-uma-das-primeiras-doutoras-em-matematica-do-brasil/

    NASCIMENTO, J.B., GOMES, S.C. L., MAGNO, C. S. E MOREIRA, A. M. S. , CICLOIDE E BRAQUISTÓCRONA, www.sobralmatematica.org/preprints/preprint_2015_01.pdf, acesso fev/15

Postar um comentário